quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

A Saga da Empregada Doméstica


Saí do trabalho antes do horário do rodízio e estava na dúvida se ia pra casa, se fazia mão e pé... até que lembrei que meu marido falou que a empregada nova dias antes estava prontinha pra ir embora as 14h.
Então fui pra casa ver o que estava acontecendo.
16h e 50 minutos, abri a porta de casa, e lá estava a bonita, deitada no meu sofá, com o meu cachorro nos pés, assistindo a novela do SBT.
A cena passou pelos meus olhos em câmera lenta. Não sabia se ria, se começava a gritar, quando ela quebrou o silêncio:
“-Chegou mais cedo hoje?!” Faltando somente chamar de querida e pedir pra que eu pegasse água pra ela.
E concluiu:
“- To aqui esperando dar meu horário de ir embora!” sem levantar do sofá.
Perguntei:
“-Tá, mais você não deveria trabalhar até a hora de ir embora?!”
Fui andando pela casa e vi que o trabalho estava feito bem nas coxas, e concluí que meu sofá estava rasgando de tanto ela dormir, já que quase não fico em casa.
Nisso cheguei na cozinha ela tinha tirado todo o lixo da casa e deixado num saco no chão, e lá estava o Madruga,(o cachorro) comendo papel higiênico!!!
Tive uma crise de louca:
“- Levanta já daí e começa a trabalhar ou pega suas coisas e vai embora, ou escova o dente deste cachorro!!! Mas faz alguma coisa!!!”
Ela correu arrumar o que estava meia boca e foi embora de casa rapidinho.
Depois fiquei pensando na cena e resolvi rir sozinha...que cara de pau!!!

domingo, 18 de dezembro de 2011

Os bons são a maioria...


Na sexta-feira as redes sociais, e alguns tele jornais mostravam o caso da enfermeira que espancou até a morte um cachorrinho da raça yorkshire na frente da própria filha de dois anos.
Não assisti o vídeo. Vi um pedaço hoje no jornal. Quase tive um treco.
Quem me conhece sabe que eu gosto muito de animais.
Nada disso é novidade por aqui...
Na mesma sexta, depois do expediente iria rolar festa de confraternização na empresa. Então fui guardar minhas coisas no carro pra poder voltar e curtir um pouco.
No estacionamento estavam duas meninas da empresa (que eu não conhecia) e a Pâmela, uma travesti que mora num quartinho no terreno em frente o estacionamento da empresa e cuida de uns vinte cachorros abandonados que ela mesma resgatou( eu tb não sabia disso)... tentando pegar um cachorro abandonado enorme, mas tão magrelo que se ventasse, ele tombava.
Muito assustado... corria muito! E claro, entrei na dança...
Quando vi tava de vestido, de quatro patas tentando pegar o cachorro em baixo de um carro.
Claro que a união faz a força e depois de muito correr pelo estacionamento pegamos o pobrezinho que pareceu entender o que tava acontecendo.
E com bandejas cheias de churrasco da festa de confraternização, fui conhecer a casa da Pâmela que levava o novo morador e precisava de ajuda pra controlar os demais.
Fiquei encantada... um terreno enorme, bem cuidado, com várias casinhas... com cachorros lindos, com carinhas felizes! Todos com uma história triste. A Pâmela, mora num quartinho neste terreno e gasta tudo que ganha com os bichos.
Um pitbull que foi queimado, uma labradora que era estuprada constantemente...todos lá, bem cuidados, castrados...
Ela precisa de ajuda pra manter o lugar, e claro que vou ajudar!
Mas não é isso que este post significa. A verdade é que pra alguém muito ruim, existe alguém muito bom... e que tenho certeza de que os bons, são a maioria!!!!

Só precisam fazer sua parte!!!!


Ah... o nome do cachorro que foi resgatado será Papa-léguas!!!

Em breve contarei mais aqui sobre os cachorrinhos da casa da Pâmela.

OBS

Apoio popular ao Projeto de Lei 7199/2010, de autoria de deputados do PV, que prevê alteração ao artigo 32 da Lei 9605/98 (lei dos crimes ambientais), para aumentar a pena ao crime de maus tratos aos animais.

Consulte o projeto de lei na íntegra: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=474875

Hoje, a pena ao crime de maus-tratos aos animais é muito branda: 3 meses a 1 ano.

Os animais são seres indefesos e, principalmente, os domésticos e domesticados dependem exclusivamente dos humanos para sobreviverem. As pessoas que maltratam animais devem ser punidas com mais rigor.

O PL 7199/2010 prevê o aumento da pena para 2 anos e 1 mes a 4 anos de detenção e multa.

Essa petição será enviada ao Congresso Nacional. Quanto mais assinaturas conseguirmos, mais rapidamente faremos com que o PL seja votado e aprovado.



Clique no link e assine a petição

http://www.peticao24.com/sim


Apoiando à Campanha do blog animaisparaadocao.blogspot.com


Na foto, minha Pê...saudades meu Grande Amor!!!!

sábado, 17 de dezembro de 2011

Decoração de Natal na Avenida Paulista


Ontem umas dez e meia da noite, peguei muito trânsito pra chegar em casa por causa da decoração de Natal. Vim praguejando, amaldiçoando... Pensando que como é que a decoração de Natal podia foder o trânsito até este horário da Noite.
Toda os caminhos que levavam à minha casa, passavam pelo trânsito de Natal.
Então voltei pela Paulista...e tava tudo tão lotado, tão bem decorado, tão lindo... é maravilhoso!!!!...não resisti. Eu que sempre reclamo do impacto dessas coisas no trânsito, abri o vidro do carro, aumentei o som e entrei no clima de Natal.
Fez tão bem! Tudo tão lindo, que cheguei em casa e fiquei curtindo a lua.
E aproveitando o clima, hoje, comprei meus presentes de Natal.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011


Eu gosto de você, mas não gosto mais do jeito que você gosta de mim...
E quando perceber isso, se é que não percebeu, não vai sair por aí fazendo o óbvio ou o que sabia que devia ter feito... por que desse jeito, a única coisa que vai conseguir é me fazer quebrar coisas na sua cabeça...pode apostar!!!!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

"Nada é muito quando é demais."


"Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde.Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais."

Caio Fernando de Abreu




“Quando beija meu ombro enquanto faz amor comigo e entrelaça suas mãos nas minhas desenha minha memória preferida de nós...”

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Piriguete não sente frio



Sempre reparo que não importa o frio, algumas garotas conseguem manter pernas, costas, busto e tudo mais de fora, com suas mini saias, e roupinhas de verão independente da estação.
Por vezes pensei que fosse alguma nova espécie de réptil, talvez iguanas, que não possuem temperatura corporal e por isso ficavam plantadas na neve com suas partes de fora como se nada tivesse acontecido em lugares como Campos de Jordão, onde a temperatura quando está agradável bate os dez graus.
Sábado fui no UMF (Festival de música eletrônica que aconteceu no Sambódromo/ Anhembi) ver o show do New Order. Sempre que vou a um evento deste porte, penso que a roupa deve ser confortável, impermeável, caso chova... e sempre fico olhando a mulherada de salto agulha e pernocas de fora pensando que andar no Anhembi com um salto daquele, só se estivesse treinando pra ser rainha da bateria, e olhe lá...
Um friaca que não dava pra acreditar que é dezembro, batia quinze graus no Anhembi, regados a uma garoa tipicamente paulistana... àquela só pra zoar o cabelo.
E a mulherada lá, firme e forte em saltos imensos e vestidos sem costas. Dava frio só de olhar.
Algumas eram lindas... corpos esculturais, mas faziam cara de dor a cada passo, ou perdiam o equilíbrio no salto a cada buraquinho. E sentada no chão entre um show e outro fiquei pensando no que de fato é ser bonita/ sexy.
Acho que tem muito mais a ver com atitude, conforto, estar bem consigo mesmo, do que ser escravinha da moda e detonar o corpo e a postura... sem falar no frio.
Mas isso é uma questão de opinião, e to simplesmente escrevendo a minha. Que com alguns aninhos a mais, tenho dó dos meus pés, da minha coluna e se passar frio na balada fico doente a semana inteira.
Ainda sentada no chão olhei pra cara do meu marido e disse: “- Essa mulherada não sente frio?!”
Ele sorriu e disse:
“-Piriguete não sente frio!”
Comecei a rir e ele complementou:
“- Piriguete não sente frio... aliás acho que o frio e a inteligência ficam no mesmo lugar do cérebro!”
Achei genial!!!!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A onça molhada


Eu contar aqui que ontem foi fechamento e eu estressei, não é mais novidade. Mas dar detalhes de um dia difícil e inusitado, é irresistível.
Levantei cedo, cheguei no trabalho no maior gás, toda trabalhada no vestidinho de onça chama dinheiro.
Aula de inglês antes do expediente. Toda motivada!!!
O funcionário de Minas liga que chegou na filial e estava sem internet e sem telefone...
Dá-lhe contornar a situação...claro que o bonito ficou estressado e foi trabalhar no shopping. E eu que enfarte!!!
A outra menina da equipe que levou um cancelamento, porque vendedor ganha pela venda e perde pela inadimplência ( são as regras do jogo... e não significa que eu concorde) fechou as coisas e foi embora.... E eu... bom, eu que enfarte!!!!
E a besta aqui ficou. Com a maior cara de panaca, a pressão alta e as vendas enroscadas.
Uma vontade louca de estressar, bater em alguém ou simplesmente chorar até cansar.
No final do dia, passei um resultado vergonhoso pro meu chefe! E no auge da minha sensação de incompetência coloquei meu cargo à disposição.
Ele começou a rir, e disse;
“- Faz o seguinte: vai pra casa, toma um remedinho pra pressão. Descansa, dorme e volta amanhã! Porque vendedor não tem passado!”
Aí eu desmoronei de vez.
Saí da empresa, segurando o choro. Entrei no carro e ainda no estacionamento, apoiei no volante e desabei a chorar. Igual criança.
Chorei tanto que achei que fosse melhor ir direto pro hospital, já que devido à pressão atual eu iria enfartar mesmo. Com medo de ficar internada, guardada, ou até mesmo numa camisa de forças, não fui.
Parei na farmácia pra ver as novidades, comprei uma caixinha de calmantes naturais à base de maracujá, gel mentolado pra tensão nas costas e um creme novo pra celulite. Tudo que naquele momento me deixaria mais calma!
A ida na farmácia e as compras por si só me deixaram aliviada. Tomei dois calmantes, passei o gel e fui dar uma volta no quarteirão com o cachorro ( é, agora tenho um cachorro em casa; peguei na rua, mas ainda não contei a história aqui!!!!).
E como todo cachorro macho, foi fazendo xixi em todos os postes, caçambas, pneus e árvores do caminho. Até que parou pra fazer xixi em frente a um prédio que tem um jardinzinho lindo ( até eu faria xixi lá!). Ouvi um barulho que pareciam pedras batendo no carro em frente ao prédio. Fiquei assustei e fiquei procurando, até que: “Chuáaaaa!!!” Balde d’água em mim e no cachorro, que travou e não andava de jeito nenhum. Não eram pedras, era água!

Toquei o interfone do prédio, o porteiro atendeu dizendo: “- Pois não Senhora?!”

Falei uns palavrões, saí puxando o cachorro ainda empacado e fui embora!

Acho que não foi um bom dia!

Dada a overdose de maracujina, resolvi rir!!!!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

O quinto dia


Semana passada, depois de um dia turbulento, com direito à Ginecologista e problemas no trabalho, achei que a melhor solução seria ir pra casa. Dormir... descansar.
Maridão num jantar com amigos e eu sozinha... livre, leve e solta!!! De pijama, vendo novela, lendo um livro, comendo miojo com requeijão...
Percebi que estava com muita dor de cabeça, tomei duas aspirinas, e dormi cedo. Ciente de que acordaria zerada no dia seguinte.
Foram mais dois dias com dor de cabeça e na nuca que analgésico nenhum passava...mas pensando que era TPM, trabalhei normalmente sem dar muita atenção.
No terceiro dia, voltando pra casa, lembrei que dor na nuca poderia ser pressão alta.
E quando cheguei em casa medi...
Bem, se o aparelho não estava quebrado,
Eu estava morrendo.
Alta. Muito alta... 18 x 13.
Assustei...Chorei...
E fiquei pensando nos porquês....
Deve ser porque to mordendo pouco...
Ou porque to cansada demais....
Pode ser também a falta de férias
O excesso de trabalho
O sedentarismo
O anticoncepcional
A bombinha de bronquite
O cigarro....
Ainda meio confusa, fora do ar e apavorada com a idéia de um derrame ou um infarto, fiz um balanço de tudo que me fazia mal, e quem seria o primeiro da lista a ser eliminado.
Hummm e os finalistas foram: excesso de trabalho, anticoncepcional, bombinha de bronquite e o cigarro, já que o TCC entreguei há duas semanas.
Trabalho ainda não posso ficar longe...
Eliminar o anticoncepcional pode trazer um filho, e com isso mais stress... sem falar que gravidez com a pressão alta é pior ainda.
Se não fumar, não preciso da bombinha. E eliminei o cigarro.
É meu quinto dia sem fumar....
E minha terceira vez tentando largar esta merda.
E não é pela modinha do Fantástico não...
É porque assustei mesmo.
Ta ficando difícil de pensar...
Sem falar no medo de engordar tudo que mal acabei de emagrecer.
Já que to comendo igual uma draga...
To empenhada...
Vamos ver no que dá!!!!

Hoje eu tô mordendo


Hoje eu tô mordendo...
Não cheguei assim...
Mas agora estou!
Vai ver que é porque estou cansada
Das muitas caras idiotas
Que só sabem dizer as mesmas coisas
Como se fossem a verdade absoluta
Pode ser também
Que eu só esteja desesperada
Por não depender só de mim
Muito menos a confecção das regras do jogo
Só sei que se soubesse que o dia começaria assim,
Meio dia seria cedo pra sair da cama
E não antes do rodízio, como fiz.
Semana passada,
Depois de três dias com uma dor de cabeça que não passava
Medi minha pressão...
Se o aparelho não estava quebrado,
Eu estava morrendo.
Alta. Muito alta...
Assustei...
E fiquei pensando nos porquês....
Deve ser porque to mordendo pouco...
Ou porque to cansada demais....

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Não dá para controlar....


"Uma noite ela me disse
"Quero Me Apaixonar"
Como quem pede desculpas
Prá si mesmo
A paixão não tem nada a ver
Com a vontade
Quando bate é o alarme
De um louco desejo..."

"Estar assim, sentir assim...
Turbilhão de sensações dentro de mim.
Eu me aqueço, eu endureço
Eu me derreto, eu evaporo
Eu caio em forma de chuva, eu reconheço...
Eu me transformo."

terça-feira, 15 de novembro de 2011


Tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo.
Trabalho, TCC, aniversário...
Parei pra escrever alguns conceitos.

Trabalhar é bom, mas viver é preciso.
Estudar faz parte do processo de aprendizado.
Planejamento e ação facilitam muito.

Que amigos são tesouros, anjos...
Bens preciosos...
Trazem felicidade

Que é importante estar cercado de pessoas
Que nos amem como somos
Sem julgamentos.

Ser feliz
É somatória de atos e fatos...
É um estado de espírito...


Hoje, eu to assim...

Mais um conselho


Um convite recusado
Pode ser um imprevisto.
Dois...risque da sua lista...

domingo, 13 de novembro de 2011

11/11/11 aniversário cabalístico!!!


Surpreendente, diferente e especial...com direito à Lua Cheia e não virei mula sem cabeça...rs
Neste exato momento, saindo pra dar um rolê de vassoura...


Que venha o novo ciclo!!!
So happy!!!!

domingo, 6 de novembro de 2011


Se hoje eu fosse falar de amor
Eu falaria das pequenas coisas em você
Que me encantam
Da sua boca
Do seu sorriso
Do seu cheiro
Do seu abraço...

terça-feira, 1 de novembro de 2011

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Feliz Dia das Bruxas!!!



Porque toda mulher é um pouco bruxa...
Precisa ouvir àquela voz que vem do coração...
Intuição, pressentimento, sensação, sexto sentido.

Mãos a obra!!!!

Show do Aerosmith ontem!!!!







Espetacular!!!
Excelente companhia!!!
Foi presente de aniversário... tá chegando!!!!

domingo, 16 de outubro de 2011

terça-feira, 11 de outubro de 2011

A Noiva e o Momento Amy Winehouse


Eu enxergo antes algumas coisas que vão acontecer.
E no sábado, fomos a um casamento em São José dos Campos.
Ficamos no Hotel onde toda a família e amigos dos noivos estavam hospedados e pelo andar da carruagem sabia que a festa prometia.
A cerimônia foi linda, a festa estava perfeita, mas como todo mundo que casou sabe; os noivos mal têm tempo de comer.
E depois de alguns drinks começa a pirotecnia digestiva com direito a performances hilárias.
O noivo de peruca e anteninha fazia com a noiva na pista a dança do acasalamento ao som de “Papanamericano” ambos com o copo na mão.
Quando pensei, magrinha desse jeito, sem comer, vai passar mal.
Chamei a cunhada e avisei:
“-Leva a noiva no banheiro e faz ela vomitar que vai dar trabalho!!!”
E claro, ela não quis ir.
Dali a pouco eu vejo a noiva sentada num sofazinho pra lá de Bagdá... Socorrida por um médico que estava na festa, que simplesmente deitou –a no sofá.
Quem já bebeu um pouquinho a mais sabe que deitar com o caco cheio de pinga, tudo roda, o estômago embrulha e aí já era!
Corri, sentei a noiva e tentei dar um Epocler pra Madame, que num momento Amy Winehouse, deu um tapão na minha mão e jogou longe!
Começou a vomitar igual no filme “O Exorcista” e apagou. Amontoou no chão.
Eu tentava socorrê-la, Coca-cola, água... até que ela abriu o olho e disse:
“-Não me socorre não, acho que prefiro morrer do que ter que lembrar disso amanhã!!!”
Comecei a rir, lá pela quinta apagada da moça, achamos prudente levá-la ao hospital.
Sai o Cleber com ela no colo, num modelito “O guarda-costas”, com os fotógrafos registrando cada momento, enquanto eu não sabia se achava lindo ou sentia ciúme...
Pra não perder a piada, disse:
“- Ow noiva se liga! Esse marido aí é meu!!!”
E fomos em carreata pro hospital levar a moça que já chegou no hospital acordada, mas ainda Amy. Brava!!!
Ficamos um tempo até que a família chegasse para acompanhá-la e voltamos pro hotel, com mais uma história inédita pra contar...
O noivo... ficou na festa! Apareceu uma hora e meia depois ainda com os acessórios da festa!
Dizendo que precisava ver sua noiva, noiva não... “esposa!!!”
É... mais uma noite de núpcias que virou lenda!!!!

domingo, 9 de outubro de 2011




Ainda que eu pudesse juntar os cacos, e colá-los como se nunca tivessem partido... eu faria?! Eu deveria?!
E você?

sábado, 1 de outubro de 2011

Café da manhã


Ainda não sei se era um sonho,
Mas acordei e você estava em pé,
Sorrindo...
Trazendo café da manhã na cama.

Turbilhão de emoções...


Todas juntas e misturadas...
Planos em vão, ou não.
Coisas que tiram o chão...
Aniversário de casamento
Fechamento...
Sentimento.
Vida loka!!!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Sobre o Zé Gotinha...



Hoje, no shopping vi uma cena intrigante.
Um senhor de cadeira de rodas, é abordado por uma criança de uns três ou quatro anos de mãos dadas com a mãe.
“-Tio, porque você ta dodói?!”
E o senhor sorri e responde:
“- Eu tive paralisia infantil quando era criança, por isso fiquei assim dodói!”
E o menino pergunta:
“- Porque você não tomou o Zé Gotinha, né?!”
E o senhor respondeu e foi embora rindo:
“- É... no meu tempo não existia o Zé Gotinha.”
Fiquei passada, emocionada, intrigada...
Parabéns à Campanha do Zé Gotinha!!!

Não sai da minha cabeça...

domingo, 25 de setembro de 2011

Devaneio de primavera


É sábado,
Ainda com sono
Você me liga
E vem me ver
E o tempo cinza
Vira primavera
E me transforma em flor
Pra ver seus cabelos molhados ao vento...

“Não importa quão boa seja sua desculpa, seria muito melhor você não estragar seu sonho por causa dela.”



Não sei quem é o autor da frase, mas acho ótima!!!

Sobre o Rock'n Rio, este é o momento que elegi. ADORO ESTA MÚSICA!!!!



Every minute from this minute now
We can do what we like anywhere
I want so much to open your eyes
Cause I need you to look into mine


Tell me that you'll open your eyes

All this feels strange and untrue
And I won't waste a minut without you.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O que realmente dizia Monalisa?



"Eu não sei se essa é sua intenção, mas você está me fazendo perceber que eu posso ser feliz sem você. Diz que me ama, mas suas atitudes só me provam o contrário. Não vou esperar você decidir se me quer ou não na sua vida. Tenho muita coisa aqui pra te oferecer, mas sabe o q é? Sou incompleta, também preciso receber. Portanto, não se assuste se um dia eu acordar com a capacidade de te olhar nos olhos, sorrir e dizer adeus."

Tava procurando o sorriso ideal para ilustrar este texto do Caio...é acho que a Monalisa dizia um ADEUS irônico, aliviado...quase que libertador...

"Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, ainda haverá guerra."

"Olha ela!!!"


Não sei se já contei, mas crianças em geral, costumam pensar que sou criança. Meu afilhado, filhos de amigo em geral...
Outro dia fui a um aniversário de crianças e a lembrancinha era um aquário com um peixe beta.
To saindo da festa junto com um monte de adultos, quando um menininho entra na minha frente e pergunta:
“- Você não vai levar seu peixe?”
Sorri e respondi:
“- Não, minha mãe não deixa! Você quer ficar com o meu?!”
E uma menininha prontamente respondeu:
“- Nossa mãe só deixou a gente levar um!”
E fui embora rindo...
Esta semana, dei uma fugidinha do trabalho pra comprar uma pecinha pro meu carro. Parei na porta do lugar e desci do carro de saia longa e camisa preta, um sapato boneca, um laço preto de bolinhas brancas na cabeça e batom vermelho. Na minha direção vinha vindo uma família na calçada, com um menininho de uns três anos, que parou bem na minha frente, começou a rir, apontando pra mim e dizendo:
“-Olha ela!!! Olha ela!!!”
Eu sorri e disse:
“-Olha ela é bom ou ruim?”
Ele andando e ainda olhando pra trás respondeu:
“- É legal!!!”
Achei o máximo!!! Coisas de criança....

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Amarelinhos e o Trânsito em SP


É batata, se tem trânsito de manhã na Av. Francisco Matarazzo é porque têm amarelinhos nos semáforos... e não são dez minutinhos a mais; é pelo menos meia hora.
Esse é meu caminho para trabalhar e sempre vejo algumas pessoas dizendo alguns palavrões para esses cidadãos.
Esses dias tinha uma mulher, ferrando o trânsito. Feia demais, bigoduda!!!
Depois de quarenta minutos a mais no trânsito e a vinte sem sair do lugar, não tive dúvida: abri o vidro, enfiei a cabeça pra fora e disse:
“- Tá fudendo tudo, hein!? Marlene Matos do Caralho!!!”
Nem ligando se ela me multaria ou não...
Ela olhou bem pra minha cara, fez que não com a cabeça e começou a rir!!!
Agora me diz?! Eu posso com isso!?
Devo ter entrado nos Top5 dos xingamentos...

domingo, 18 de setembro de 2011

85o Exposição de Orquídeas em SP


Orquídeas são minhas flores preferidas, dotadas de beleza e personalidade únicas.
Ontem de manhã fui à 85º Exposição de Orquídeas no Salão Nobre do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Cultura Social). O evento foi gratuito e estava lotado!!!
Uma flor mais linda do que a outra... mini orquídeas, orquídeas negras, cor de maravilha!!!
A exposição realizada pela Associação Orquidófila de São Paulo (AOSP) ainda contava com aulas também gratuitas sobre como cultivá-las.
Impossível resistir! Minha casa está repleta de flores.

“Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.”