terça-feira, 27 de setembro de 2011

Sobre o Zé Gotinha...



Hoje, no shopping vi uma cena intrigante.
Um senhor de cadeira de rodas, é abordado por uma criança de uns três ou quatro anos de mãos dadas com a mãe.
“-Tio, porque você ta dodói?!”
E o senhor sorri e responde:
“- Eu tive paralisia infantil quando era criança, por isso fiquei assim dodói!”
E o menino pergunta:
“- Porque você não tomou o Zé Gotinha, né?!”
E o senhor respondeu e foi embora rindo:
“- É... no meu tempo não existia o Zé Gotinha.”
Fiquei passada, emocionada, intrigada...
Parabéns à Campanha do Zé Gotinha!!!

Não sai da minha cabeça...

domingo, 25 de setembro de 2011

Devaneio de primavera


É sábado,
Ainda com sono
Você me liga
E vem me ver
E o tempo cinza
Vira primavera
E me transforma em flor
Pra ver seus cabelos molhados ao vento...

“Não importa quão boa seja sua desculpa, seria muito melhor você não estragar seu sonho por causa dela.”



Não sei quem é o autor da frase, mas acho ótima!!!

Sobre o Rock'n Rio, este é o momento que elegi. ADORO ESTA MÚSICA!!!!



Every minute from this minute now
We can do what we like anywhere
I want so much to open your eyes
Cause I need you to look into mine


Tell me that you'll open your eyes

All this feels strange and untrue
And I won't waste a minut without you.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O que realmente dizia Monalisa?



"Eu não sei se essa é sua intenção, mas você está me fazendo perceber que eu posso ser feliz sem você. Diz que me ama, mas suas atitudes só me provam o contrário. Não vou esperar você decidir se me quer ou não na sua vida. Tenho muita coisa aqui pra te oferecer, mas sabe o q é? Sou incompleta, também preciso receber. Portanto, não se assuste se um dia eu acordar com a capacidade de te olhar nos olhos, sorrir e dizer adeus."

Tava procurando o sorriso ideal para ilustrar este texto do Caio...é acho que a Monalisa dizia um ADEUS irônico, aliviado...quase que libertador...

"Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, ainda haverá guerra."

"Olha ela!!!"


Não sei se já contei, mas crianças em geral, costumam pensar que sou criança. Meu afilhado, filhos de amigo em geral...
Outro dia fui a um aniversário de crianças e a lembrancinha era um aquário com um peixe beta.
To saindo da festa junto com um monte de adultos, quando um menininho entra na minha frente e pergunta:
“- Você não vai levar seu peixe?”
Sorri e respondi:
“- Não, minha mãe não deixa! Você quer ficar com o meu?!”
E uma menininha prontamente respondeu:
“- Nossa mãe só deixou a gente levar um!”
E fui embora rindo...
Esta semana, dei uma fugidinha do trabalho pra comprar uma pecinha pro meu carro. Parei na porta do lugar e desci do carro de saia longa e camisa preta, um sapato boneca, um laço preto de bolinhas brancas na cabeça e batom vermelho. Na minha direção vinha vindo uma família na calçada, com um menininho de uns três anos, que parou bem na minha frente, começou a rir, apontando pra mim e dizendo:
“-Olha ela!!! Olha ela!!!”
Eu sorri e disse:
“-Olha ela é bom ou ruim?”
Ele andando e ainda olhando pra trás respondeu:
“- É legal!!!”
Achei o máximo!!! Coisas de criança....

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Amarelinhos e o Trânsito em SP


É batata, se tem trânsito de manhã na Av. Francisco Matarazzo é porque têm amarelinhos nos semáforos... e não são dez minutinhos a mais; é pelo menos meia hora.
Esse é meu caminho para trabalhar e sempre vejo algumas pessoas dizendo alguns palavrões para esses cidadãos.
Esses dias tinha uma mulher, ferrando o trânsito. Feia demais, bigoduda!!!
Depois de quarenta minutos a mais no trânsito e a vinte sem sair do lugar, não tive dúvida: abri o vidro, enfiei a cabeça pra fora e disse:
“- Tá fudendo tudo, hein!? Marlene Matos do Caralho!!!”
Nem ligando se ela me multaria ou não...
Ela olhou bem pra minha cara, fez que não com a cabeça e começou a rir!!!
Agora me diz?! Eu posso com isso!?
Devo ter entrado nos Top5 dos xingamentos...

domingo, 18 de setembro de 2011

85o Exposição de Orquídeas em SP


Orquídeas são minhas flores preferidas, dotadas de beleza e personalidade únicas.
Ontem de manhã fui à 85º Exposição de Orquídeas no Salão Nobre do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Cultura Social). O evento foi gratuito e estava lotado!!!
Uma flor mais linda do que a outra... mini orquídeas, orquídeas negras, cor de maravilha!!!
A exposição realizada pela Associação Orquidófila de São Paulo (AOSP) ainda contava com aulas também gratuitas sobre como cultivá-las.
Impossível resistir! Minha casa está repleta de flores.

“Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra.”

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Sobre escrever na net


Adoro escrever. E desde pequena, minha mãe ensinou que devemos assumir tudo que fazemos.
Escreveu, assina.
Fez arte, assume.
Falou, já era.
Ensinou também que a única coisa que temos nesta vida é o nosso nome. Que devemos utilizá-lo com honra e dignidade.
E aplico isso como filosofia de vida!
Percebo que na net, alguns anônimos, assinam desta forma porque não tem coragem de expressar o que sentem, e saem por aí destilando seu veneno, compartilhando seu recalque.
Não estou amarga. Não é isso!
Mas me cansam comentários cheios de desprezo e marra, assinados por ninguéns, que dizem o que querem, sentindo-se no direito de julgar os pensamentos expostos.
Claro que se está na net é público, pode e deve ser julgado. Mas no meu caso, só vejo valor naqueles que têm coragem e dignidade de assinar seu próprio nome! Deixando pelo menos o direito de resposta.
Afinal, quem não deve, não teme!
Neste blog não serão mais lidos, nem publicados comentários de anônimos.
É uma questão de princípios...
Por hoje é só!!!

"Porque metade de mim é o que penso. A outra metade é um vulcão."

domingo, 11 de setembro de 2011

Lua de Marfim


Há uma lenda na mitologia grega citando que Pigmaleão além de escultor era também rei de Chipre. Cansado de procurar pela mulher ideal, e já decidido a ficar para sempre no celibato, decide esculpir uma estátua de marfim onde projeta a imagem de uma mulher perfeita.

Apaixonado pela estátua pede a Deusa Vênus (Afrodite) que lhe conceda vida. E assim se fez: Em um toque de lábios a estátua ganha vida, apaixona-se por ele, se casam, e posteriormente têm uma filha.

Na psicologia chama-se "Efeito Pigmaleão" quando muito se deseja que algo aconteça, e acredita-se a tal ponto que o fato acaba se tornando real...



Este foi um comentário anônimo que recebi no blog que achei muito lindo e resolvi compartilhar aqui.
Espero que gostem!!!

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Paula Fernandes - Pássaro de Fogo (Ao Vivo)



Vai se entregar pra mim
Como a primeira vez
Vai delirar de amor
Sentir o meu calor
Vai me pertencer

Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,
Te amando feito um louco
Quero teu amor bandido

Minha alma viajante, coração independente
Por você corre perigo
To afim dos teus segredos
De tirar o teu sossego
Ser bem mais que um amigo

Não diga que não
Não negue a você
Um novo amor
Uma nova paixão

Diz pra mim...

Tão longe do chão
Serei os teus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração
Permita sentir
Se entrega pra mim
Cavalgue em meu corpo, minha eterna paixão...

terça-feira, 6 de setembro de 2011